9.6.14

Resenha: Anjo Mecânico.

Sinopse: Anjo mecânico apresenta o mundo que deu origem à série Os Instrumentos Mortais, sucesso de Cassandra Claire. Nesse primeiro volume, que se passa na Londres vitoriana, a protagonista Tessa Gray conhece o mundo dos Caçadores de Sombras quando precisa se mudar de Nova York para a Inglaterra depois da morte da tia. Quando chega para encontrar o irmão Nathaniel, seu único parente vivo, ela descobrirá que é dona de um poder que capaz de despertar uma guerra mortal entre os Nephilim e as máquinas do Magistrado, o novo comandante das forças do submundo.
Editora: Record
Autora: Cassandra Clare
Páginas: 392
Onde comprar: Aqui



Em 2011, conheci o trabalho da Cassandra. Quer dizer, mais ou menos. Meu irmão estava lindo Cidade dos Ossos, diga-se de passagem, meu irmão nem gosta de ler, eu acabei pegando o livro para ler também. Eu li os primeiros capítulos do livro, e gostei, mas não dei continuidade por motivos que já não lembro.
Ano passado que eu realmente li. Soube que iria lançar o filme e queria ler antes do filme. Conheci o mundo dos Caçadores de Sombra através de Instrumentos Mortais, fascinante, por sinal, o que não pode dizer o mesmo da protagonista Clary. Mas isso é assunto para outro texto.
Recentemente, na minha viagem a Poço de Caldas, viagem longa e o ônibus lento, devorei Cidade das Almas Perdidas na ida e na volta. E agora, o que eu faço da minha vida?!?! Sou apaixonada pelo livros TMI e o último livro ainda será lançado, foi aí que eu achei Anjo Mecânico.

O mundo é o mesmo, mas a Nova York agitada foi trocada por uma Londres vitoriana e chuvosa. Cidade dos Ossos, que era mais centrado na descoberta da Clary, do romance com o Jace, Anjo Mecânico é centrado em Tessa Gray, americana, orfã e com um poder peculiar. Nem preciso dizer que já amo a Tessa, né?
Sua tia, a única parente viva, morreu, e Tessa foi a Londres atrás de seu irmão Nate, que já havia se mudado para a cidade há um tempo em busca de emprego.
Porém, assim que ela chega em Londres, é recebida por duas senhoras desconhecidas: Sra. Dark e Sra. Black. (Por que elas nunca correm?!)E depois de ler o bilhete do irmão dizendo que não poderia buscá-la e que deveria ir com as senhoras.
O que ela não imaginava era que tinha um poder, um poder que despertaria interesse em muitas pessoas e colocaria em risco a vida dela.
Tessa descobre que na verdade, Nate havia desaparecido. Decidida e receosa, embarca em um mundo sombrio, que tem mais segredos de que se pode imaginar, em busca de seu irmão.
Tessa é peculiar. É uma mulher persistente, forte e observadora. Protetora, até demais, com seu irmão, o que a cega diante da verdadeira personalidade dele.
Outra coisa, Tessa é uma leitora voraz. Tem várias citações de livros no decorrer da história. Como não amar?
Também tem o Instituto, assim como em TMI, e nele, Tessa conhece Will e Jem, que a ajudam do início ao fim.
Jem é metade oriental, é bem humorado. Tem seus próprios demônios, como todos, mas é o mais sensato dos três. E Will é arrogante, mentiroso, e claro, lindo. Confesso que eu fiquei comparando o Wille o Jace (CoB), porque ambos são Herondale, mas são personagens extremamente distintos. Will é bem mais misterioso e menos receptivo do que Jace. Jem é mais receptivo e calmo, não é tão determinado e impulsivo como Will, mas isso não impede que os dois sejam melhores amigos. Mais uma vez, Cassandra consegue criar aquelas amizades apaixonantes que ela sempre faz. Um encaixo o outro e funciona muito bem.
Também tem a Charlotte, que é a coordenadora do Instituto, uma mulher forte que luta com o preconceito daquele época e tenta ao máximo se destacar e fazer tudo certo. Tem Jessamine, que ignora o fato de ser uma caçadora de sombras e quer desesperadamente casar e ser uma dama da sociedade. Ambas personagens mostram o conflito da mulher da época e as escolhas que podem acarretar.

Tentei não comparar muito Instrumentos Mortais com Peças Infernais, mas é inevitável, já que se trata da mesma autora. Anjo Mecânico é eletrizante do início ao fim e tem personagens mais peculiares. A cada capítulo há mais revelações, impossível largar, agonizante esperar o próximo.
A sequência é o Príncipe Mecânico, que eu já comprei e em breve farei uma resenha também.

Super recomendo para que conhece e quer conhecer o mundo dos Caçadores de Sombra.





Um comentário:

  1. Me apaixonei por esse livro ainda não li os outros amei sua resenha
    Beijos

    Blog | Fan Page

    ResponderExcluir

 

Template by BloggerCandy.com | Header Image by Freepik